17 de janeiro de 2014

Nas férias - parte I

Foram 23 dias de pernas pro ar. Ligava pros amigos pra saber qual era a boa do dia, o que tinha pra fazer e assim se encarregar de arrumar a bolsa e partir pro destino. Foram dias bem cansativos.

Ainda no primeiro fim de semana das férias rolou a última edição do #desapegueiBAZAR e confesso que por ser muito cansativo e exaustivo não pretendo fazer outra edição, fiquei muito frustrada.

Passando isso foi a vez de ir a luta para comprar os presentes de natal que faltavam, na minha cabeça eu não iria gastar nada, já havia comentado com os amigos e familiares que ninguém ganharia presente, mas não deu outra. Quando soube que mamãe e papai haviam comprado presentes pra mim, fui comprar o deles e dos outros.

E chegou o dia 24, dia da ceia, onde passei em casa com a família e fui dormir pouco depois da meia noite. Sinceramente, faz tempo que não me sinto bem disposta em noite de natal.

E após isso começou o ritmo de férias, definitivamente!

1- Dia 25 foi dia da confraternização da juventude lá da igreja, pena que o dia estava totalmente nublado e sem graça, se não eu teria me jogado nessa piscina imensa e clara que tem lá no sítio.



2- Segundo fim de semana, sábado antes do réveillon foi o dia de pegar uma corzinha na querida Praia de Ipanema. E lá fui eu com as amigas ficar corada, apreciar a paisagem e dá um bom mergulho no mar.




3- Dia 31. O dia da indecisão. Durante o dia estava um céu lindo, um calorão e um sol de rachar a cabeça, mas só foi anoitecer pro sol desaperecer e a chuva cair, a tristeza bater e a dúvida aparecer. Ir ou não ir pra Copacabana? Eis a questão. Até que as 8 horas a chuva deu uma trégua e as 21 horas saímos de casa. Eis um Réveillon lindo, que eu AMO de verdade. Ao amanhecer o dia ficou tão claro, tão lindo, que eu já nem lembrava mais que havia tomado muito banho de champagne e que andei mais de 3 km. Comecei o ano sendo aventureira, haha. 









4- Ida a Petrópolis. A ideia não era fazer um book meu lá, mas acabou que deu quase nisso. Tenho um projeto em mente junto com um amigo e queríamos começar por lá. Já deu pra ver que é relacionado a fotografia, né?! Talvez dê certo, não sei. Só sei que eu fiquei super envergonhada de fazer o que tinha de fazer que preferi posar e me deixar ser levada pela beleza de dia que estava fazendo naquele lugar. Foi muito bom rever a Cidade Imperial que visitei pela primeira vez há sete anos atras. Espero voltar lá em breve pra conhecer o restinho dos lugares que não conseguimos ir, já que a cidade estava lotada de turista.












a equipe.

5- Penúltimo fim de semana das férias e eu queria porque queria ir na exposição da Yayoi Kusama no CCBB chamada de Obsessão Infinita, senti um pouco mais cultural e intelectual, haha. Sempre quis ir à alguma dessas exposições e essa me chamou muito atenção. Ela é japonesa e tem diversas obsessões, por isso o nome de suas obras. Depois de apreciar as grandes obras de Yayoi, fomos da Presidente Vargas até a Catedral do RJ andando, nos deparamos com uma visão linda dentro da Catedral, almoçamos no Lavradio, pausa pra fotos nos Arcos da Lapa e enfim conheci a Escadaria do Selaron, o cara era f***, é sério. Entre as escadas você encontra frases que ele escreveu pra quem fez parte de sua vida em Santa Teresa, muito amor. Uma pena ele ter falecido e não estava lá para nos receber. Sua presença estava por ali em algum lugar, o local é incrível, não dá vontade de sair de lá. 










As férias em geral tem vários lados bons, mas um deles é de ficar em casa sem se preocupar com o que tem que vestir. Perdoe-me pelo longo post, mas as fotos estão lindas e a ansiedade de postar tudo de uma vez só falou mais alto.

Um beijo, Camila!

4 comentários:

  1. Fotos simplesmente P-E-R-F-E-I-T-A-S! Ainda terei o prazer de ver esse nascer do sol magnífico da praia de Copacabana *--*.

    G. Chevalier

    ResponderExcluir
  2. Obrigada!
    Vai sim, nem que seja um diazinho normal de semana, lá é simplesmente lindo e muito encantador.

    Beijos

    ResponderExcluir